segunda-feira, 29 de abril de 2013

TU SABES TODAS AS COISAS


*Artigo da minha esposa Luciane Moraes Batista.
Imagine a cena: Dias atrás ele negara ao seu Senhor, não penas uma, mas sim três vezes. Aquele que não poupava elogios, que estava sempre por perto, o falante, o exagerado, o impulsivo da história; este era Pedro. De acordo com suas palavras, disposto a dar a vida por Jesus, agora envergonhado por negar seu Mestre. Quem eu? Não o conheço! O que? Eu, nunca estive com esse homem! Já disse que não conheço! E o galo cantou…. Nenhum outro canto de galo trouxe tanta dor para um homem… Enquanto o galo cantava a vergonha e o arrependimento estraçalhavam o coração de Pedro. Como ele se deixara levar? Como conseguira negar seu Senhor? O mestre é crucificado, morto, e para a salvação de todos nós, vive novamente. Pedro, no entanto, não tivera nenhuma oportunidade de estar a sós com o Mestre, de encará-lo, e tentar obter seu perdão. Depois de uma longa madrugada de pesca, sem obter sucesso, O mestre vai até eles. Imagino que Pedro assentou-se o mais longe possível, não estranharia se soubesse que ele evitara olhar nos olhos do Senhor. Até o momento em que Jesus dirige a palavra para um coração ferido: Pedro, Tu me amas? Todos nós sabemos o desenrolar da trama… quero porém ater-me a resposta sincera e marcante do Discípulo:” Senhor, Tu sabes todas as coisas!” Existem dores, problemas, angústias, opressões, complexos, traumas, vergonhas, fardos que carregamos conosco e ninguém imagina. São as vergonhas com as quais temos que lidar diariamente, são os pensamentos ruins que nos atormentam, é a relação conjugal que está a deriva, o filho que se rebelou, o emprego que parece estar por um fio, as dívidas que estão a aumentar, e em meio a este vento tão forte, não sabemos o que fazer. Quem nunca desejou anoitecer e não amanhecer? Quem nunca teve a sensação de que o coração já não cabe dentro do peito? Sim, passamos por momentos que a única coisa que conseguimos pronunciar é Senhor, não sei se vou agüentar!!! O ouro dessa passagem, no entanto é para pessoas que se encontram exatamente nessa situação. O Senhor sabia a crise que Pedro estava passando, da mesma forma, sabe o que tem angustiado o teu coração. Não interessa se a madrugada de luta foi grande, se a noite parece não ter fim e suas redes continuam vazias. O Senhor deseja olhar em nossos olhos, e nos fazer lembrar da verdade que faz toda a diferença: ELE SABE TODAS AS COISAS! Enquanto diz: Senhor, Tu sabes todas as coisas, em seu íntimo Pedro diz, Mestre, mal consigo te olhar nos olhos de tanta vergonha, o remorso, o arrependimento estão acabando comigo, meu coração está em pedaços… Em meio a maior tempestade lembre-se: ELE SABE TODAS AS COISAS. Quando os piores pensamentos rondarem o seu interior, acredite :ELE SABE TODAS AS COISAS. No momento em que só lágrimas escorrem em sua face e você não sabe que direção tomar: ELE SABE TODAS AS COISAS. Confie, aquele que sabe todas as coisas, contempla sua dor. Ele não te abandonará. Ele te entende!
Luciane Moraes Batista

Livra-me de mim mesmo(a)!

(Artigo da minha esposa, espero que apreciem.)

Em minhas orações depois de adorar ao Senhor por aquilo que Ele É, e de louvá-lo por todos os seus feitos, costumo separar um tempo para pedir por livramentos, normalmente peço que o Senhor livre a minha casa, meu esposo, minha filha, todos os meus familiares. Intercedo para que eles sejam livres de males, acidentes, incidentes, contenda, desemprego, enfim, são inúmeros os tipos de livramentos que peço a Deus.
Semana passada porém, o amado professor chamado Espírito Santo resolveu ensinar-me a orar pedindo algo totalmente diferente: Livra-me de mim mesma.
Todos nós, por conta do pecado existente desde o Éden carregamos conosco a maldita tendência a fazer o que não é certo, a pensar o que não devemos, a querer o que não é nosso… E é nessas horas que nossa prece deve ser: Pai, livra-me de mim mesmo(a)!
Livra-me de mim mesmo(a) por que em mim existe um desejo forte de estar em evidência. Porque quero ser a mais amada, a mais especial, a mais querida por todos. Porque o orgulho tenta sempre apoderar-se de mim.
Livra-me de mim mesmo(a), por que não sei apreciar o esforço do meu amigo, porque não sei louvar os feitos de outrem, porque não sei reconhecer que há outros mais sábios, mais inteligentes e mais capazes do que eu.
Livra-me de mim mesmo(a), porque carrego em meu peito, mágoas, dores, feridas; e acabo dia após dias nutrindo-as dentro de mim.
Livra-me de mim mesmo(a), porque meus lábios agem como os fariseus; pronunciam palavras bonitas, camuflando a podridão e os pensamentos maus contidos em meu interior.
Livra-me de mim mesmo(a), pois sustento em meu ser a inveja daqueles que possuem mais riquezas que eu, pois alimento o ciúme daqueles que tem mais dons, talentos e habilidades que eu.
Livra-me de mim mesmo(a), pois finjo ser o que não sou, pois quando ninguém me olha, apresso-me para pecar e desagradar o teu coração.
Livra-me de mim mesmo(a), pois ainda que eu não admita, encontro-me muitas vezes propensa a desejar o mal contra meu próximo, a desejar ver sua queda e sua ruína.
Livra-me de mim mesmo(a), quando quero fazer vingança com minhas próprias mãos, e maquino o mal contra meu irmão.
Livra-me de mim mesmo(a), quando não permito que teu Santo Espírito habite em mim, quando meus ouvidos já ensurdecidos não conseguem distinguir a tua voz, quando minha mente já tão afastada de ti, não consegue compreender que há perdão para meus pecados e transformação libertadora para meu caráter torpe.
Livra-me de mim mesmo(a) Senhor, porque pecador eu sou. Ensina-me a colocar diariamente diante de Ti as minhas falhas de caráter e os meus erros mais secretos.
Assim como fizestes com Manassés, tenha misericórdia de mim e apague as minhas transgressões.
Só te peço que não te esqueças de livrar-me de mim mesmo(a).
Em Cristo…

Luciane Batista

sábado, 16 de fevereiro de 2013

A ponte chamada Jesus.

Dia destes, num passeio a noite, entrando em Florianópolis, nossa filha Laís de um ano e quatro meses que estava dormindo no banco traseiro do veículo acordou, e vendo a Ponte Hercílio Luz iluminada contrastando com o céu noturno exclamou: "quiegáu"! O que no seu português ainda limitado pela pouca idade significa: Que legal! Para nós pais foi um momento inesquecível.
Projetada e construída no governo de Hercílio Luz para ser a primeira ligação terrestre entre Florianópolis ilha e continente, não ficou pronta durante o tempo de vida de seu idealizador que morreu dois anos antes de sua inauguração, em maio de 1926. Por interesse comum, em uma homenagem póstuma, a Ponte da Independência, como seria chamada, terminou por chamar-se Ponte Hercílio Luz.
Hoje li que “Todos pecaram e por isso estão separados de Deus.” (Romanos 3:23), e lembrei-me do episódio de alguns dias atras e, da pura realidade de que o homem precisa de uma ponte. Sem esta ligação, ele é infeliz, prisioneiro em uma ilha cheia de pecado, miséria, solidão e dor. Jesus é a ponte que nos liga novamente a Deus. O abismo criado pelo pecado só é transposto a partir do momento que aceitamos passar por esta ponte chamada Jesus. Nas palavras de um escritor americano anônimo isso é fé; "[...] é uma ponte que eu atravesso com confiança e descanso porque sei quem é o construtor". 
Diferente de outras pontes, esta não se desgasta como o uso, não precisa de restauração, apesar de estar em utilização constante por um número inestimável de pessoas a mais de dois mil anos. 
40 mil habitantes de Florianópolis só podiam vir ao continente com o auxílio de balsas que eram monopolizadas, sendo assim o serviço sequer oferecia cobertura para proteger os passageiros do sol ou da chuva. Semelhante há aqueles que tentam chegar a Jesus por meios dificultosos e precários, sendo que há uma ponte, um caminho aberto, aquele dito pelo escritor aos Hebreus (Hb10:19-23 ARC), um novo e vivo caminho idealizado por seu pai e construído por ele a muito tempo atrás, obra de suas mãos, santas mãos que ele furou com pregos pelo ardor do trabalho, e não só as mãos mas, entregou-se tanto que morreu pra que o trabalho fosse concluído, mas deixou seu legado, uma ponte que nos tirou do isolamento terrível do pecado e nos conduziu a Deus.
Há um caminho pra você andar, há uma ponte pra você atravessar ela te conduzirá a uma nova vida. Este caminho, esta ponte se chama Jesus. Quando você vê-la, quando tiver a oportunidade de apreciá-la você irá se surpreender e quem sabe lhe falte palavras e o mínimo que lhe saia da boca seja a mesma frase da Laís: "Que legal!" 
Venha conhecer a maior maravilha do mundo, a ponte chamada Jesus.
Jean Rodrigo Batista

Ser igreja...


Não adianta ser igreja sem servir, ser servo sem amar, amar sem agir, agir sem sentir, sentir sem sofrer! Se você é igreja, então é um descanso pra os cansados, independente de quem sejam ou a que denominação pertençam. Se você é servo, você simplesmente serve seja quem for, até quem aparentemente é inferior a você. Se você ama, você se doa, você sofre junto, você consegue sentir. Se você sente o que o outro sente, você celebra com suas conquistas, você chora com suas perdas, você faz algo para ajudar, para minimizar a dor alheia que acaba sendo a sua também. Isto é ser igreja! 
Quando pudermos sentir a dor dos pés descalços, o sofrimento da barriga roncando pela falta de alimento, a tristeza de um pai que quer mas não pode dar algo a seu filho, a humilhação de ter de pedir pra poder comer, quando pudermos sentir isso e muito mais então seremos igreja, porque aí estaremos exercendo compaixão e misericórdia! Você é igreja? 
Jean Rodrigo Batista

segunda-feira, 20 de junho de 2011

Um pouco da história pelo começo: Nome/Igreja Assembleia de Deus...

Para mim esse é um marco histórico para o movimento pentecostal no Brasil que começou realmente em 1910/1911 com Daniel Berg e Gunnar Vingren. Diferente do nome “Assembleia de Deus” que veio a ser introduzido somente em 1918 por sugestão de Gunnar Vingren. TEMOS QUE COMEMORAR SIM, e muito, o centenário do Movimento Pentecostal no Brasil que de repente poderia ser comemorado até no ano passado, pois foi em 1910 que os missionários suecos chegaram ao Brasil pregando o avivamento.

A história desta grande igreja que amamos, é muito mais complexa do que se imagina, pois se não fosse a questão racial aqui nos EUA (segregação de brancos e negros) a igreja AD jamais seria fundada e, provavelmente estaríamos na mesma igreja que estamos mais simplesmente com outro nome. Talvez com o nome “Igreja de Deus em Cristo” ou ainda “Missão de Fé Apostólica”.

Um pouco da história pelo começo: Nome/Igreja Assembleia de Deus...

1897 - Dois negros: Charles Price Jones e Charles Harrison Manson (atenção nesses nomes) saíram da Igreja Batista, pois estes pregavam a Doutrina da Santificação baseada nos ensinamentos de John Wesley, pregando real transformação de vida e dizendo que a santidade era a principal característica de um autêntico cristão, então formou se a Igreja de Deus em Cristo - COGIC (Church of God in Christ).

1906 - Aqui é que tudo começa de verdade. Jones indicou um comitê liderado por Manson para ir até Los Angeles/CA e conhecer o que se passava nas reuniões que aconteciam na Rua Azusa liderada pelo pregador itinerante William Seymour que pregava a Doutrina do Batismo no Espírito Santo e o Dom de falar em outras Línguas, e foi ai que tudo mudou. Depois que Manson participou do conhecido "Avivamento da Rua Azusa" ele voltou a Memphis/TN e começou a pregar a Doutrina da Santificação Pentecostal.


1907 - A Igreja de Deus em Cristo convoca todos seus líderes, pois a igreja teve que se separar devido as diferenças doutrinárias uma vez que Jones não concordava com a nova doutrina do Batismo no Espírito Santo que estava sendo pregada por Manson. Esta reunião ficou conhecida como a Santa Convocação (Holy Convocation). Esta convocação é celebrada até hoje onde os líderes e uma multidão de membros da Igreja de Deus em Cristo se reúnem todos os anos para uma festa de avivamento, semelhante ao congresso dos Gideões Missionários da Ultima Hora aí no Brasil, é um evento gigantesco.

1914 - Como falei no começo, Charles Harrison Manson era negro e felizmente como William Seymour (também negro) eram contra a separação entre negros e brancos, por isto Manson consagrava tanto ministros brancos como negros e isso começou a causar um grande problema, pois a segregação nos EUA naquela época era algo terrível, tanto por parte das pessoas como por parte do governo, então os ministros brancos que foram credenciados ao ministério por Charles Manson se viram na obrigação de andar conforme a lei, pois tinha uma lei estúpida por aqui que dizia que negros não podiam ficar em lugar público com brancos e vice versa, foi aí que um Conselho Geral de ministros brancos se reuniram na cidade de Hot Springs no Arkansas e se separaram da Igreja de Deus em Cristo (COGIC) que era e continua sendo predominante congregada por negros. (Acredito que hoje mais do que naquela época, pois já visitei algumas e eu era o mais branquinho por lá) O resultado desse Conselho Geral dos ministros brancos foi o começo da Igreja Assembleia de Deus e foi quando este nome foi introduzido na história.

1918 - A Igreja que se chamava Missão de Fé Apostólica fundada em 1911 depois que Daniel Berg e Gurnnar Vingren tiveram que sair da Igreja Batista, pois estes também pregavam o batismo com Espírito Santo adotaram o mesmo nome da igreja fundada nos EUA.

1936 - A Assembleia de Deus dos EUA começou a mandar missionários para o Brasil para ajudar na estruturação da igreja AD no Brasil.

1994 - Aconteceu o Milagre de Memphis que foi uma reunião para reaproximar as igrejas pentecostais separadas por questões raciais, pois em 1948 as igrejas pentecostais congregadas por maioria branca formaram um conselho e deixaram de fora do conselho os pastores/representantes das igrejas pentecostais dos negros. No Milagre de Memphis os pastores/representantes das igrejas pentecostais de maioria branca pediram perdão e como demonstração de comunhão lavaram os pés dos pastores/representantes das igrejas pentecostais de maioria negra. O antigo conselho foi dissolvido e um novo conselho se formou chamado PCCNA (Pentecostal/Charismatic Churches of North America).

As duas maiores organizações pentecostais dos EUA são a Igreja de Deus em Cristo (COGIC) com aproximadamente 6.5 milhões de membros e a Assembléia de Deus com aproximadamente 3 milhões de pessoas entre membros e congregados. A AD nos EUA é pequena se comparado com a AD no Brasil que deve ter pelo menos uns 10 milhões de congregados.

Wowww Acho que escrevi demais, enfim vamos comemorar 100 Anos de Movimento Pentecostal no Brasil, e agradecer a Deus por homens corajosos que tiveram coragem de expressar o que Deus tinha colocado em seus corações (William Seymour, Charles Harrison Manson, Daniel Berg e Gunnar Vingren).


Um Abraço.

Lemuel Santos - EUA

Para saber mais http://pt.wikipedia.org/wiki/Assembl%C3%A9ia_de_deus#Brasil